Notícias

Agro

Transformar pulverizador em distribuidor de fertilizantes é sustentável ao setor

Data2 agosto 2021

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Mudança promovida pela MP Agro, empresa pioneira no assunto, gera uma economia de até 80% do valor em relação à um autopropelido novo

Para uma fazenda ser produtiva, ela precisa ser inevitavelmente, rentável, eficiente e sustentável em todos os aspectos e processos. Quando chega a hora de substituir um pulverizador antigo, por exemplo, não é diferente. Primeiro que o mercado não está disposto a pagar o que ele realmente vale, desvalorizando-o em até 20% do valor e o agricultor fica no dilema o que fazer com esse equipamento? A preocupação com a sustentabilidade e com os gastos na atividade pautam essa dúvida também.

Ao fazer as contas, a solução encontrada pelo experiente produtor Marcio Leandro Basso, foi transformar seu pulverizador antigo em novo distribuidor de fertilizantes. Segundo ele, que cultiva soja e milho, a escolha por transformar seu autopropelido no primeiro momento foi financeira.

“Nós precisávamos mudar de equipamento, mas naquele momento não estávamos capitalizados para comprar um produto pronto de fábrica, foi quando pesquisamos e conhecemos a linha Z da MP Agro, a grande solução para o nosso negócio”, destaca Basso.

A linha Z da MP Agro é a única do mercado com soluções desenvolvidas para cada modelo de autopropelido. Entre seus diferenciais está aproveitamento do recurso automotriz já investido, diminuição do amassamento das culturas utilizando o mesmo rastro do pulverizador e a adubação nitrogenada parcelada em estágios mais avançados do milho, uma prática bastante indicada para a cultura que garante melhor rendimento e alta produtividade.

Isso porque a quantidade de nitrogênio presente no solo não supre, em geral, a demanda da cultura. Portanto o parcelamento da adubação nitrogenada é uma técnica fundamental, porém é importante levar em consideração vários fatores como tipo do solo, época de semeadura, rotação de culturas, operacionalidade para que atinja de forma assertiva o nível produtivo desejado.

Com o equipamento a fazenda Irmãos Basso, que fica localizada em Lucas do Rio Verde–MT, também aumentou sua produtividade. Segundo Basso, hoje utilizando a máquina transformada pela MP Agro, colheu na última safra 64 sacas de soja por hectare e 145 de milho sc/ha. “O custo benefício foi muito bom, além de aumentar nossa produtividade média geral, podemos fazer as aplicações principalmente na cultura do milho sem limitações”, acrescenta o produtor.

Sustentabilidade e durabilidade

Como já destacado, a transformação do autopropelido na fazenda gera grande economia, contudo, somado a isso há ganhos também em sustentabilidade, afinal o produtor está reaproveitando um equipamento, ainda com seu recurso automotriz em boas condições, que na maioria das vezes é descartado e segue poluindo o meio ambiente. Justamente com essa preocupação e foco na maior durabilidade na utilização dos equipamentos em campo, que a linha Z da MP Agro é produzida em inox ideal para combater o efeito da abrasão e corrosão sendo de fácil limpeza por conta da baixa rugosidade e assepsia.

Assim, gera um aumento da vida útil em pelo menos três vezes maior em equipamentos sujeitos ao desgaste, como os distribuidores de fertilizantes e corretivos que sofrem agressão do tempo combinados com os efeitos químicos dos produtos. “O distribuidor em aço inox é uma boa opção, pois não resulta em ferrugem no implemento, isso para nós é um grande benefício no dia a dia”, finaliza o produtor.

MP Agro – Fundada em 2012 e com sede em Ibaté-SP, a empresa nasceu com o propósito de trazer as melhores e mais confiáveis soluções tecnológicas em inox ao mercado agrícola. Possui um portfólio de produtos voltados para distribuição de fertilizantes, o que os tornam especialistas no segmento.

VEJA TAMBÉM...