- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

Tecnologia ajuda produtor a otimizar o uso dos insumos e ser eficiente na irrigação

Com o FieldNET Advisor, agricultores, além do uso racional da água e economia de energia, podem melhorar ainda mais seus ganhos ao evitar desperdícios de fertilizantes e defensivos na lavoura

O ano de 2021 tem sido muito desafiador para aos agricultores brasileiros, além das variações climáticas, as oscilações do mercado exterior aliado a pressão do câmbio, tem trazido grande impacto a atividade. Somado a estes fatores, a escalada de preços dos insumos foi a principal responsável pelo aumento dos custos de produção da agropecuária. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em razão da alta demanda, escassez da oferta mundial, o valor de alguns fertilizantes e defensivos acumularam altas que superam 100% no ano.

Para minimizar todos esses impactos no balanço final da safra, o produtor precisa ser altamente eficiente em seus processos, principalmente dentro da porteira, e o melhor a se fazer é utilizar da forma mais correta seus insumos. Para aqueles que já praticam a agricultura irrigada por meio de pivôs, já há disponível no mercado tecnologias que podem ajudá-los a serem ainda mais efetivos na produção. Uma delas é o FieldNET Advisor, que além do uso racional da água ajuda com a economia de energia e ainda podem evitar desperdícios de insumos como os fertilizantes e os defensivos na lavoura.

Além dos aumentos de preço, outro problema enfrentado pelo setor é a baixa disponibilidade dos insumos no mercado. Segundo Gabriel Guarda, engenheiro agrônomo e especialista da Lindsay, o FieldNET Advisor, pode auxiliar de duas formas: primeiro diminuindo o custo de energia por saca produzida, que ocorre através do manejo da irrigação, aplicando a água no momento ideal, na quantidade correta e no local necessário, otimizando o uso do recurso e consequentemente contribuindo para uma maior produtividade.

O segundo ponto, destacado pelo especialista é que quando se aplica somente a quantidade necessária de água, evita-se a perda por lixiviação de alguns fertilizantes, principalmente aqueles que são solúveis no solo. “Quando há uma aplicação em excesso, os fertilizantes acabam sendo translocados para regiões do solo abaixo do sistema radicular e a planta acaba não utilizando o nutriente, resultando assim em perda de dinheiro e de potencial de produtividade’’, destaca.

Outro fator importante é que a ferramenta tecnológica ainda utiliza imagem de satélite, ou seja, dentro da plataforma tem o índice EVI (Enhanced Vegetation Index), termo em inglês que significa Índice de Vegetação Aumentada. A solução indica a saúde da planta por meio de imagens que são utilizadas para direcionar o produtor a uma tomada de decisão mais assertiva, como por exemplo a um ataque de praga ou daninha. “Com essa tecnologia conseguimos identificar um problema na fase inicial antes que ele se espalhe por todo o talhão e cause danos econômicos. Deste modo, em vez de aplicar um defensivo em uma grande área, podemos direcionar para aplicações e tomadas de decisões localizadas”, destaca Guarda.

Como o FieldNET Advisor também disponibiliza as informações e previsões climáticas, o produtor pode ainda evitar a aplicação e o desperdício de defensivos. “Essa informação é fundamental, pois há produtos que não podem ser aplicados antes da chuva ou então em situações de alta velocidade do vento e temperaturas elevadas. Nossa ferramenta direciona a decisão do agricultor, também nessas aplicações”, reforça o especialista. 

Tecnologia detalhada

O FieldNET Advisor fornece dados precisos e simplificados para o manejo do irrigante e funciona de forma muito simples. Basta o produtor, por meio de um smartphone, tablet ou computador inserir a cultura e suas características, o tipo de solo, e as datas de plantio, a solução combinará automaticamente esses dados com informações meteorológicas precisas e dados históricos de irrigação do campo.

Em seguida, por meio de modelagem, ele vai monitorar o crescimento da cultura e a profundidade das raízes. Assim verificará a quantidade de água disponível no solo para a planta e prever as necessidades futuras da lavoura, a quantidade e o momento ideal para a irrigação, visando atingir o máximo do rendimento.

Segundo Guarda, a proposta do FieldNET Advisor é manter sempre a quantidade de água no solo ideal para cada cultura. “O principal ponto é: o produtor utilizando a ferramenta vai irrigar de maneira mais eficiente e com maior precisão. Ele saberá quantos milímetros de água utilizou por saca produzida e obterá a máxima lucratividade potencializando seu investimento. No final da safra será mais sustentável e terá maior rentabilidade por milímetro aplicado”, finaliza.