Notícias

Agro

Semiárido: técnicas eficazes e baratas no cultivo de melancia

Data14 abril 2020

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Roseana Pinto, Engenheira Agrônoma

Dados da Embrapa dão conta de que o Brasil é o 4º maior produtor de melancia na escala mundial. A produção total equivale a 2.079.547 toneladas, tendo maior concentração de produção nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Mas você sabe as técnicas para o manejo? As características morfológicas e fisiológicas desta cultura, adapta-se bem em zonas de clima quente e semiárido, que atinjam temperaturas entre 18ºC e 30ºC.

Para a agricultura familiar, a melancia têm sido uma alternativa de aperfeiçoamento de receita dentro da área de produção.

Nesse sentido, faz-se necessário tratar sobre técnicas de produção que viabilizam e dão resultados satisfatórios ao pequeno produtor de melancia.

Uma delas é a instalação de irrigação com garrafas PET’s, que permite que a água seja depositada diretamente nas raízes, evitando contato da água com a parte foliar da planta e consequentemente evitando o surgimento de doenças e pragas que afetam essa cultura, eliminando o custo com produtos fitossanitários e garantindo melhor desenvolvimento.

Esse modelo de irrigação regular sustentável mostrou-se eficaz no período mais seco do ano, meses compreendidos entre janeiro e abril, pois a água depositada na planta era somente via esses canais e a planta.

Outro importante elemento e conta muito no sucesso produtivo dessa fruteira tropical é a nutrição nas fases iniciais e intermediárias do ciclo, onde a planta recebe nutrientes essenciais para o crescimento e emissão de botões florais que mais tarde se convertem em frutos.

A vulnerabilidade dessa cultura é o encharcamento, por tanto escolher a época de plantio correta, e aplicar técnicas eficazes, traz como resultado boa produção e qualidade do fruto.

Autor

Roseana Pinto da Silva – Graduanda em Engenharia Agronômica pelo Centro Universitário AGES, Paripiranga/BA

VEJA TAMBÉM...

Publicidade