- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

Plataforma disponibiliza crédito para as transportadoras no pré-embarque

O naConta – Pré é um novo produto financeiro que garante capital de giro quando as transportadoras mais precisam, o objetivo é transacionar cerca de R$ 1 bilhão em produtos financeiros na modalidade no ano de 2022

Na cadeia logística, os custos incorridos para o carregamento de um frete caem todos sobre a transportadora. Por esse motivo, essas empresas têm dificuldade para equalização de fluxo de caixa. Demandantes de intenso capital de giro antes mesmo de iniciarem o frete a burocracia de crédito via instituições bancárias tradicionais sempre foi um percalço, mesmo sendo um mercado gigante que por ano que movimenta mais de R$200 bilhões.

Esse problema se atribui principalmente a dois motivos. O primeiro é a falta de uma metodologia de análise concreta, pois como trata-se de prestação de serviço, instituições financeiras possuem dificuldade em mensurar performance dessas empresas, por isso, normalmente são avessos ao risco. E segundo, este é um mercado de modo geral bastante difícil, com alta demanda de capital e alto prazo médio de recebimento.

Para mudar esse cenário, a logtech goFlux lança uma nova modalidade, o naConta – Pré, um novo produto financeiro para as transportadoras. O grande diferencial da ferramenta é que a concessão do crédito a estas empresas é realizada no momento que elas mais necessitam, ou seja, após a oferta ganha dentro da plataforma e antes do carregamento da carga, de maneira mais segura e menos burocrática.

De acordo com Lucas Teixeira Castellani, economista e gerente de produtos financeiros da goFlux, em uma única interface, a transportadora consegue vender seu serviço (frete) para grandes embarcadores e ao mesmo tempo ter crédito para realizar o frete contratado. “Com o acesso a recursos financeiros dentro da plataforma no momento certo, possibilitamos mais giros, equalização de fluxo de caixa e consequentemente melhor qualidade financeira”, diz.

Solução na prática

A partir do momento que a transportadora ganha dentro da plataforma um lance/cotação, ela pode solicitar ali mesmo, o pré-financiamento do lote a ser carregado. Podendo chegar até 50% valor total do lote.

E por que até 50%? De acordo com o economista, transportadoras terceirizam frota, subcontratando caminheiros autônomos.  Cerca de metade do valor do lote a receber vira custo no ato do embarque (equivalente a diária do motorista, combustível, pedágio e demais custos).  “Ou seja, já nesse primeiro momento a empresa descasa caixa. Com prazo médio de recebimento elevado, em torno de 30 a 40 dias a necessidade de capital de giro é imensa. E estamos prontos para suprir este gargalo”, destaca.

logtech também disponibiliza outro produto financeiro que atende diretamente as transportadoras, o já consagrado naConta – Pós. Nesta modalidade, de antecipação de recebíveis, é antecipado o valor de um frete já performado/entregue dentro da plataforma. Conforme explica o gerente da empresa, são dois produtos que embora parecidos, não concorrem entre si. “Pré financiamos até 50% no ato da contratação do frete antes mesmo do embarque e posterior a entrega conseguimos realizar a antecipação de recebíveis dos outros 50%. Nos dois produtos oferecemos oportunidade de escolha aos transportadoras onde hoje elas não possuem”, reforça o profissional.

Com o naConta-Pós já consolidado e o naConta-Pré com as primeiras operações bem-sucedidas, a goFlux, já planeja ampliar a disponibilidade de crédito em sua plataforma para as transportadoras. Segundo Castellani, há o objetivo de transacionar cerca de R$ 1 bilhão em produtos financeiros no ano de 2022.

Experiência é fundamental

A goFlux é uma plataforma digital para cotação, contratação e gestão de fretes rodoviários de carga no Brasil. A solução simplifica a conexão entre empresas que contratam fretes em grande escala, principalmente para o agro e também indústrias de alimentos, siderúrgicas e outras companhias que prestam serviços de transporte (relações B2B) a mais de 1600 transportadoras. “A plataforma regula todo o processo com base em algoritmos analíticos sempre com mensuração de dados e com liberação de crédito 100% vinculada ao histórico de performance na plataforma. Temos um Big Data que faz essas análises diariamente”, relata o gerente de produtos financeiros.

As ferramentas de inteligência oferecidas melhoram a tomada de decisão no momento da contratação do frete, aumenta a governança e o compliance e ao mesmo tempo garantem escala e velocidade nestes processos. Através de uma plataforma online, embarcadores podem gerenciar todo processo de contratação de uma transportadora, num ambiente 100% seguro, proporcionado ampliação da concorrência, total transparência, governança e redução de custos. “Nosso produto é inovador, em uma plataforma totalmente digital a transportadora consegue originar o negócio, validar performance, e ainda obter soluções financeiras para seu negócio.”, finaliza Castellani.