- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

Operações logísticas sob demanda ganham espaço na crise

Aumenta o número de empresas de pequeno e médio portes que recorrem a serviços de transporte de cargas em demandas pontuais 

A crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19 tem feito empresas recorrem mais a contratações pontuais de serviços de logística.

A Pacer Logística mantém, atualmente, uma carteira de 350 clientes que contratam seus serviços conforme a demanda de cada momento. Este número vem crescendo nos últimos meses e a previsão da empresa é chegar a 500 clientes nesta modalidade ainda este ano.

“Essas operações pontuais são vantajosas principalmente para empresas de pequeno e médio porte, porque facilitam as negociações e oferecem acesso ao transporte para todo o Brasil, sem depender de um contrato de longo prazo ou de um volume mínimo de movimentações mensais”, diz Alexandre Caldas, CEO da Pacer.

“Já para o operador logístico, os serviços sob demanda são importantes porque propiciam um atendimento mais pulverizado, a diversos segmentos, e uma carteira maior de clientes”, completa.

Além disso, as operações pontuais também acabam sendo uma porta de entrada para futuros contratos de longo prazo, em casos de empresas que recebem demandas com volumes mensais garantidos. Na Pacer, alguns dos seus maiores clientes com contratos fixos hoje começaram com atendimentos sob demanda há alguns anos. A evolução dos serviços, em alguns casos, envolve até operações multimodais.

E mesmo com as empresas de menores volumes transportados, o relacionamento também pode ser de longo prazo. “Os clientes que entram por esse canal, de serviços pontuais, acabam ficando conosco por um longo tempo. Temos alguns que estão com a Pacer há mais de 5 anos. Sem a necessidade de um contrato, eles voltam sempre que necessitam de transporte de cargas”, relata Caldas.

Para identificar eventuais oportunidades de integração de outros serviços logísticos para seus clientes de operações pontuais, a Pacer criou uma área de Pós-Vendas, com profissionais dedicados a analisar as melhores soluções para cada operação.

“As contratações sob demanda também reforçam o foco da Pacer, que é a flexibilidade para atender clientes com demandas variadas”, afirma o CEO.

Um dos exemplos de atuação da Pacer em operações pontuais está no chamado Vale da Eletrônica, na região de Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais. Ali, a Pacer atende a várias empresas, em geral de pequeno e médio porte, que necessitam de transporte para outras regiões do país.

Para atender ao mercado do sul de Minas, a Pacer Logística conta ainda com um Centro de Distribuição na cidade de Extrema, na divisa deste estado com São Paulo. A localização estratégica do galpão também oferece benefícios para outros setores, como de e-commerce.

Sobre a Pacer

Com mais de 15 anos de atuação no mercado, a Pacer Logística opera em três linhas de negócios: transportes, armazenagem e gestão de peças de reposição.

Os principais clientes da Pacer Logística são indústrias dos segmentos de cosméticos, telecomunicações, varejo e startups, além do farmacêutico.

Como operadora logística, a Pacer conta com licenças para armazenagem e transporte de cosméticos, produtos de higiene pessoal, perfumes e alimentos.

A Pacer conta com Centros de Distribuição em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Extrema (MG), além dos 28 postos, avançados em todos os estados do país.