Notícias

Floricultura

Mercado de flores 2024: clientes mais exigentes buscam novas experiências

Data26 janeiro 2024

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

De acordo com dados da Hórtica Consultoria, atualmente o mercado brasileiro de consumo de flores e plantas ornamentais é estimado em aproximadamente R$ 10 bilhões. O setor que atravessa ótima fase está prestes a passar por uma série de transformações significativas neste ano, delineando novas dinâmicas. As tendências indicam uma crescente integração das flores nos ambientes internos, impulsionando a procura por arranjos que conferem leveza e renovação aos espaços.

Os entusiastas das flores, cada vez mais conectados às redes sociais, buscarão facilidades oferecidas pelo comércio eletrônico, ao mesmo tempo que darão preferência a itens personalizados. Além disso, os consumidores estarão mais atentos às questões de sustentabilidade e à origem das plantas.

Novos rumos

Para alcançar o sucesso, as empresas devem explorar essas e outras oportunidades em cena, proporcionando experiências diferenciadas aos clientes. Isso inclui a introdução de novos produtos, investimentos em aprimoramentos no e-commerce e presença robusta nas redes sociais com conteúdo qualificado.

Desafios à vista: impacto da mudança climática

As empresas ainda devem manter uma vigilância constante em relação às alterações climáticas, considerando o atual período de calor intenso no Brasil, que é reflexo do fenômeno do aquecimento global. Essas condições extremas têm o potencial de afetar significativamente a produção de flores, tornando imperativa a implementação de soluções estratégicas. Nesse contexto, é essencial considerar a adoção de câmaras frias mais eficientes e potentes, visando preservar a durabilidade das plantas e garantir a qualidade dos produtos.

Inovações tecnológicas

Já a constante evolução das tecnologias está redefinindo o mercado de flores, trazendo avanços em várias frentes. A agricultura inteligente, por exemplo, utiliza análise de dados para otimizar o cultivo, enquanto o ramo da genômica e do melhoramento de plantas possibilita variedades florais com resistências a pragas e cores específicas. A blockchain na cadeia de suprimentos assegura transparência da origem das flores, enquanto os drones na agricultura proporcionam eficiência operacional. Aplicativos e plataformas on-line avançados oferecem experiências de compra personalizadas e a biotecnologia floral busca prolongar a vida útil e criar flores únicas. Todas essas inovações modificam a indústria e estabelecem novas possibilidades, aprimorando ainda mais a experiência do consumidor.

Portanto, em 2024, o mercado de flores promete se basear em um ambiente dinâmico, pronto para transformações. O cerne do sucesso reside na habilidade das empresas de antecipar soluções e criar estratégias, minimizando impactos e garantindo a satisfação do público.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade