Notícias

Agro

Fitorregulador pode proporcionar até 80% mais floração na manga

Data11 junho 2021

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Paclo BR, da multinacional portuguesa Ascenza, está no mercado há 2 anos e consolidou-se como uma importante ferramenta para a manutenção da produção da cultura

Para conseguir produzir o ano todo e assim abastecer o mercado interno e externo os produtores de manga, principalmente da região nordeste do Brasil, precisam fazer o uso de fitorreguladores de crescimento.

Segundo o Observatório do Mercado de Manga da Embrapa Semiárido (PE), baseado nos dados do Comex Stat (MDIC), os valores e volumes das exportações em 2020 cresceram mais de 10% em relação ao ano anterior, atingindo o valor de U$S 246,9 milhões com a venda para o mercado externo de 243,2 mil toneladas da fruta.

Para poder manter padrão de qualidade, planejar as colheitas durante quase todo o ano e assim garantir melhores preços, o produtor precisa fazer uso de produtos específicos como o Paclo BR, que está entre os três no País hoje aprovado pelo MAPA para utilização na manga.

Comprovação em pesquisa

Em um estudo realizado com o Paclo BR na região do Vale do São Francisco, cidade de Petrolina-PE, que é hoje um dos polos mais importantes na produção e exportação de mangas, junto a empresa Planvale, utilizando a variedade Palmer, foram avaliados a porcentagem e comprimento de fluxos novos, panículas e índice de pegamento de frutos.

No caso do índice de florada um dos testes com o Paclo BR alcançou mais de 80%, enquanto a testemunha 60%, ou seja 20 % a mais com o uso do fitorregulador. O número de pegamento, mangas por panícula em brotos quebrados, a média com o uso do produto foi de mais de 2,3 unidades, já a testemunha produziu até 2. Em brotos não quebrados a média com o produto da Ascenza ficou em 1,7 unidades, a padrão da fazenda em 1,2 e a testemunha pouco mais de 1,5.

Benefícios à cultura

De acordo com o engenheiro agrônomo e gerente comercial brasileiro da Ascenza, Renato Francischelli, o produto, Paclo BR, formulado na Europa, é a base de Paclobutrazol (PBZ), que utilizado em pequenas concentrações, promove, inibe ou desencadeiam uma série de processos fisiológicos no crescimento e desenvolvimento vegetal, com significativos reflexos na expressão do potencial produtivo. Isso acontece com a ação de bloqueio na síntese de giberelinas, diminuindo o crescimento vegetativo da planta e consequentemente favorecendo a floração da mesma.

“A utilização de fitorreguladores, como o Paclo BR, tem se intensificado ano a ano na fruticultura como uma ferramenta para modular as épocas de produção e colheita. Atualmente, nas regiões de clima tropical, principalmente na zona semiárida do Nordeste brasileiro, o uso do (PBZ) é uma prática comum e propicia a produção de manga o ano inteiro”, salienta o profissional.

Sobre – A Ascenza é uma empresa de origem portuguesa que compõe o grupo internacional, Rovensa, presente em 70 países há mais de cinco décadas. Possui o compromisso de ajudar a alimentar o planeta por meio de soluções seguras e saudáveis numa agricultura equilibrada e sustentável, com respeito pelos aspectos sociais e ambientais.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade