Notícias

Alimentação e Bem Estar

É POSSÍVEL MANTER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E MANTER O PESO NESSA QUARENTENA ?

Data15 abril 2020

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Regina Saunders

Estamos vivendo um período atípico: um momento de pandemia, sem sair de casa (ou saindo o mínimo possível), alguns tendo que conciliar o home office e as crianças ao mesmo tempo em casa, alguns sem poder ver seus pais ou avós para protegê-los.

Enfim, estamos vivendo momentos de muita tensão, preocupação e incertezas.

Em momentos assim, perdemos um pouco as “estribeiras”. A vida doméstica pode virar um caos, perdemos a paciência, comemos mais e sem nos preocuparmos com a qualidade ou quantidade do que comemos. Essa é a hora de parar e organizar as coisas. Então vamos lá!

Nesse período precisamos de calma, planejamento e organização. Agora temos um pouco mais de tempo para isso. Nada de enrolar, ter preguiça ou deixar para depois.

Precisamos ter em mente que isso tudo vai passar e vai passar mais rápido se nos ocuparmos com atividades, pensamentos e posturas positivas.
Na hora das compras para a casa, não se esqueça de comprar frutas, legumes e verduras.

Ter uma boa alimentação nesse momento é importante. Evite comprar aqueles alimentos com muitas calorias e nada saudáveis que você e sua família comerão na primeira oportunidade sem pestanejar. Isso só nos faz ganhar aqueles quilinhos extras.

O congelamento de alimentos e manter os horários das refeições são seus maiores aliados nesse momento. Com a prática do congelamento da comida, ficará ainda mais fácil de programar para ter uma alimentação saudável e adequada durante a semana, menos ingestão de calorias vazias (menos quilinhos extras) e economia (preparar refeição em casa é bem mais barato).

Planejamento: O primeiro passo é ter em mente quais preparações serão feitas para a semana para que seja comprado apenas o que for utilizado, evitando desperdícios.

Evite congelar vegetais crus, ovos cozidos, batatas, macarrão sem molho, maionese, preparações com creme de leite e queijos cremosos. Derivados do leite não são indicados.

Cozimento antes de congelar: Os alimentos para serem congelados, devem ser cozidos por menos tempo do que o habitual, porque eles amaciam durante o processo de congelamento. Use também menos sal, que é realçado depois de congelados. Depois de cozinhar, a preparação deve ser resfriada rapidamente. Mergulhe a panela sem tampa em água com gelo para interromper o cozimento e conservar bem os alimentos.

Armazenamento: Os alimentos devem ficar em um recipiente lavável, rígido, transparente e com tampa fechada hermeticamente. Quando houver líquidos, deixe dois centímetros de sobra até a borda para não vazar. Marque a data de preparação e de validade (até cinco dias na geladeira e um mês no freezer).

Congelamento: Preparados os alimentos e já armazenados nos seus recipientes, é hora de colocar na geladeira ou no congelador. Se você for consumir algum deles num período próximo ao dia da preparação, os recipientes podem ficar na geladeira por até 5 dias. O restante é imprescindível que vá ao congelador.

Coloque na frente do freezer os alimentos com validade menor. Utilize embalagens com tamanhos de acordo com a quantidade de cada refeição, reduzindo desperdício. Não deixe o espaço superlotado: o ar frio precisa circular entre os alimentos. As portas devem estar bem vedadas para manter a temperatura correta.

Descongelamento: Para descongelar é simples também: Se você já sabe o que irá consumir no almoço, retire o pote do congelador à noite e deixe na geladeira. No outro dia, estará pronto para esquentar. Você pode aquecê-lo no banho maria, fornos ou até mesmo no micro-ondas. No caso de não haver tempo para descongelamento natural, a melhor opção é utilizar o micro-ondas em potência alta.

Tome cuidado para não preparar uma grande quantidade de alimentos, pois uma vez que o alimento é descongelado, ele não pode voltar para o congelador. Então planeje bem as suas refeições.

É importante reservar um dia específico na semana apenas para preparar as suas comidas congeladas. Fazendo dessa maneira, você fica despreocupada durante a semana.

Para alguns vegetais, como o alface ou outras folhas verdes, é recomendado que sejam consumidos frescos. Uma dica é prepará-los em uma vasilha separada que possam ser mantidos na geladeira para consumir no período de 3 a 4 dias, não se esquecendo de que estes devem ser temperados na hora.

As frutas maiores, tipo melancia, mamão, abacaxi e melão podem ser descascados e ficarem já cortadas na geladeira, de fácil acesso.

Não podemos esquecer que trabalhar e ficar em casa requer alguns cuidados:
• Acorde no horário normal. Você não está de férias. Se vista para trabalhar. Nada de pijamas
• Faça as refeições em horário normal, de 3 em 3 horas. Nada de levantar o tempo inteiro para petiscar ou ficar sem se alimentar por grande espaço de tempo. A organização e o planejamento feitos para a semana serão úteis aqui. Ter comida saudável congelada reduz a possibilidade de você pedir aquele lanchinho ou refeição calórica pelo app.
• Quando estiver trabalhando, deixe o celular longe e a água, perto. Beba de 2 a 3 litros de água por dia.
• Faça um check list das atividades do dia.
• Quando o cansaço bater, levante, descanse, mas não desista.
• Importante não esquecer os momentos de lazer em família e a oportunidade de voltar a fazer refeições juntos.

Esse momento que estamos vivendo é único. Estamos aprendendo com ele. Ter uma alimentação saudável e manutenção de peso requer atitude, mudança de comportamento e persistência. Nem sempre é fácil. Mas é possível!

Autor

Regina Saunders – Nutricionista – CRN3 55.978/SP

VEJA TAMBÉM...