Notícias

Agro

Digitalização de negócios entre empresas é tendência também para o setor de insumos agropecuários

Data19 outubro 2021

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Nova plataforma permite negócios somente entre revendas, cooperativas e indústrias mais bem avaliadas do setor agro, gerando mais transparência tanto na venda quanto na compra de defensivos, semente, fertilizantes entre outros

O controle de estoque é fundamental para todas as empresas que comercializam algum tipo de produto, afinal, mercadoria parada significa capital investido empatado, o que compromete diretamente o fluxo de caixa e consequentemente limita as possibilidades de crescimento da companhia. Para ajudar a solucionar esse grande problema em um mercado que a cada dia se torna mais competitivo e exige o máximo grau de eficiência e criatividade de seus participantes, é que a startup AgriAcordo quer ampliar a exposição dos insumos agro em uma única rede.

A primeira plataforma do País, criada exclusivamente para negociações comerciais na modalidade Business-to-Business (B2B), pretende digitalizar as relações comerciais. A meta é conectar as empresas atacadistas de agroinsumos, gerando mais transparência e maior conexão, tanto na venda quanto na compra de insumos.

Além de ajudar no fluxo de estoque, a startup também é eficiente para resolver problemas de abastecimento de produtos. Assim, evita prejuízos financeiros e ao mesmo tempo amplia o número de fornecedores e clientes com a possibilidade de melhores margens nas vendas.

Segundo Manuel Mrejen, marketing manager da empresa, a AgriAcordo não compra e nem vende produtos, ela é o elo que conecta e ajuda empresas na comercialização com muito mais segurança. “Proporcionamos em nossa na plataforma a conexão para as empresas que podem vender seus produtos ampliando o raio de exposição a empresas de todo o Brasil, ou comprar aqueles produtos que não podem ser obtidos através de seus canais tradicionais já que suas intenções de compra serão recebidas por mais de 100 empresas. Com certeza alguns terão uma boa proposta de negócio”, destaca.

Acesso facilitado

A publicação dos produtos na plataforma é gratuita, o valor da intermediação somente será pago pelo usuário que concretizar uma venda. Ao fazer a postagem de compra ou venda de algum insumo, a solicitante pode receber cotações ou interessados de muitas empresas brasileiras. Todas certificadas pelo Serasa Experian, que garante a qualificação de todos os usuários cadastrados na plataforma. “Disponibilizar ao mercado brasileiro operações digitais confiáveis e transparentes, respaldadas por uma análise da saúde financeira das empresas, gera segurança e confiança no resultado deste projeto, que sem dúvida vem a proporcionar um novo canal de compra e venda de insumos para o setor atacadista”, ressalta o executivo.

Por ser um canal exclusivo para vendas B2B, a AgriAcordo zela pela total transparência nas comercializações, principalmente junto aos distribuidores. “Respeitamos o canal, o nosso mercado está 100% pensado para revendas, cooperativas e indústrias. O acesso de produtores na plataforma não é aberto, a fim de manter total transparência e defender o importante valor que as empresas agregam à cadeia”, reforça Mrejen.

Para aquelas que desejam ingressar na plataforma a exporem seus produtos é muito simples. Basta acessar a página (www.agriacordo.com) e criar uma conta. Para quem deseja solicitar uma cotação na plataforma e para acessar todas as ofertas de insumos também é muito simples o cadastro. Cadastro, publicação de ofertas e intenções de compra são gratuitos.

Sobre – Com operações iniciadas em junho deste ano no Brasil, a AgriAcordo é a primeira plataforma online a permitir a comercialização de insumos agropecuários somente entre empresas bem avaliadas do setor. A startup é subsidiária brasileira da argentina AgriRed, marketplace que é gerido pelo grupo americano Ag inputs Trading.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade