Notícias

Agro

Cinco dicas para evitar paradas inesperadas de máquinas agrícolas durante a safra

Data4 abril 2022

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Manutenção preventiva dos maquinários agrícolas garante eficiência e produtividade na lavoura 

A manutenção preventiva dos maquinários agrícolas é indispensável para garantir a eficiência e produtividade na lavoura. A parada inesperada por oito horas de uma colheitadeira por falta de manutenção preventiva, por exemplo, pode resultar em prejuízo de R$ 530 mil. Neste período, a máquina deixa de colher cerca de 50 hectares, o que representa 3.400 sacas, considerando o cultivo da soja. 

“A colheita é a fase mais esperada do ciclo do cultivo. É neste momento que o produtor vai colher seu investimento, portanto ter uma máquina com as manutenções periódicas e preventivas em dia evita imprevistos durante a safra. Uma revisão apropriada e o uso de peças genuínas é um diferencial que maximiza o potencial do equipamento”, explica Fábio Bona, coordenador de Serviços AGCO. Fábio pontua cinco dicas para evitar paradas inesperadas das máquinas agrícolas durante a safra e minimizar impactos de eventuais ocorrências:

1) Revisão pré-safra – O melhor momento para a manutenção é o período que antecede o ciclo da colheita. A substituição de componentes desgastados ou avariados garante que a máquina esteja em condição de trabalho, inclusive com fluídos e lubrificantes dentro dos seus prazos de limite de horas.

2) Inspeção diária – A inspeção de componentes e sistemas deve ser diária. A prática permite antecipar uma possível falha e programar uma manutenção, garantindo mais tempo de máquina disponível no campo e otimizando ganhos.

3) Assistência especializada – Se mesmo com as ações preventivas, o equipamento apresentar alguma ocorrência, é importante procurar pela concessionária da região para que a equipe de pós-vendas, especializada na manutenção do maquinário, faça reparos o mais breve possível e minimize os impactos de eventuais paradas.

4) Limpeza – Manter o maquinário livre de acúmulos de material e realizar a limpeza diária com ar comprimido, por exemplo, é tão importante quanto armazená-lo em uma área livre de roedores, e sem umidade elevada, que em algum momento podem danificar algum sistema e gerar um potencial de falha futura.

5) Planejamento preventivo – O planejamento preventivo das manutenções sempre será a melhor escolha. Não deixe para depois, busque o concessionário e agende a revisão dos equipamentos.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade