- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

CHUVAS PODERÃO IMPACTAR PRODUTIVIDADE DE DIVERSAS CULTURAS EM 2023

Descompasso é temporário e deve se regularizar nos próximos meses


“Uma empresa a céu aberto” – nunca vou me esquecer dessa frase que ouvi certa vez de nosso
associado Danilo Fugita.
Sim, todos que atuam no FFLV (de produtores a varejistas, fornecedores de serviços ou
produtos) tem seus negócios diretamente ligados às condições climáticas.
Assim, o setor produtivo começou 2023 contabilizando os impactos gerados pelas chuvas na
colheita de diversas culturas. Até mesmo a produção em estufas vem sendo afetada pela baixa
luminosidade e umidade altas.
A maior incidência de chuvas nas principais regiões produtoras acarretará em uma redução de
oferta, por exemplo de tomates e hortaliças em geral pelo menos até Maio/2023.
Nas regiões produtivas de citrus de mesa, o mês de dezembro registrou um acumulado de
500mm de chuva, a preocupação também é com os manejos fitossanitários para se evitar
doenças, como o cancro cítrico.
Regiões produtivas de banana, no Jaíba, também contabilizaram suas áreas alagadas.

Mas, Como a indústria de FFLV pode trabalhar em conjunto para o impacto iminente das
chuvas?
COMUNICAÇÃO EFICAZ. Essa é a resposta. Não a que gere pânico, mas sim informação
construtiva.
Os atores da cadeia precisam ter conhecimento sobre o que está acontecendo: menor
produtividade, mudança nos aspectos visuais regulares … e assim, seguirem com os devidos
ajustes em seus planejamentos/ programações. Não vai faltar produto, mas talvez ele não esteja
tão brilhante. O importante é ser um Alimento Seguro.
É preciso comunicar ao Consumidor com transparência e leveza, é uma época difícil para
algumas culturas, mas vai passar! Senão fizermos isso, deixaremos a desinformação ser a
protagonista para a diminuição do consumo.
O enfretamento é conjunto.
Por Valeska de Oliveira Ciré, Country Manager IFPA |