- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

A necessidade de saber falar inglês para trabalhar na agricultura nacional

Por muito tempo, a agricultura esteve associada a processos mais rudimentares, mas como é um setor em constante expansão, a tecnologia e a inovação, isto é, a era digital, se fazem presentes nas pequenas e grandes fazendas. Com isso, a rotina do trabalhador do agronegócio, se tornou menos braçal e mais tecnológica, facilitando e agilizando as suas atividades e demandas.

Com isso, empresas e fazendas estão procurando profissionais com alto nível de fluência no inglês por terem maquinários, clientes e/ou fornecedores internacionais, e assim a necessidade de comunicação. De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o ano de 2021 está se consolidando como um dos melhores para o emprego no agronegócio.

Pensando nisso, reunimos 4 motivos pelos quais os trabalhadores do agronegócio estão se preocupando em saber dominar o idioma.

Rotinas envolvidas com mais tecnologia junto aos maquinários

A vinda da tecnologia para o setor do agronegócio trouxe muitos maquinários internacionais configurados em inglês. Muitas vezes, fazendeiros e empreendedores optam pela escolha estrangeira pelo valor acessível às funções disponíveis. E, se o trabalhador rural, seja no campo ou no escritório, dominar o idioma, com certeza terá mais destaque e facilidade no dia a dia. Assim, com menos uma preocupação, ele tem a disponibilidade para se esforçar em outro âmbito de trabalho.

Empresas e fazendas estão buscando profissionais que saibam o idioma

Junto aos motivos apresentados acima, empresas e fazendas negociam e se relacionam constantemente com empreendedores e profissionais do setor localizados em outros países. Com isso, contratar um profissional que saiba o idioma facilita todo o processo, e geralmente, atribui um valor a mais no salário usual.

O aplicativo ELSA Speak tem ajudado milhares de Brasileiros nesse processo de aprendizagem da língua. Unindo a inteligência artificial e o reconhecimento de voz com o intuito de permitir que qualquer pessoa saiba falar em inglês com total confiança na sua pronúncia, a plataforma é a única no mercado que pode ser considerada como um coach para melhorar a fala do idioma.

Com o método usado pela instituição, 27 horas de estudos equivalem a um curso de inglês avançado nos EUA. A possibilidade do aluno acompanhar o seu progresso de maneira flexível resulta em 90% dos usuários que potencializaram as suas capacidades com a língua em 3 meses de uso do app, durante apenas 10 minutos por dia.

Ainda, ELSA conta com atividades personalizadas de acordo com o âmbito profissional dos usuários, e até mesmo, as suas necessidades cotidianas.

Poder participar de reuniões e apresentações com clientes internacionais

Com o inglês, a era de ficar com o microfone desligado, só escutando e tentando entender o que os outros participantes estavam dialogando, acabou. Profissionais que dominam o idioma participam, expressão as suas opiniões, se destacam e ganham a confiança da equipe e dos chefes. Além disso, geram relacionamentos de valor, melhores resultados e oportunidades para a empresa/negócio em que trabalha.

Evitar limitações profissionais na área

Não é de hoje que sabemos a importância do inglês em qualquer ramo de atuação, e junto a ele a possibilidade de evolução de cargo, novos relacionamentos e oportunidades de negócios etc. Por esse motivo, a necessidade de saber falar o idioma no agronegócio se torna tão importante, em especial para o profissional dentro do setor.