Notícias

Notícias

Desafios da indústria agroalimentar na logística e no valor agregado dos produtos

Data29 agosto 2019

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Responsável por 9,6% do PIB brasileiro, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), a indústria agroalimentar enfrenta desafios na missão de abastecer a mesa dos consumidores mundiais com qualidade, quantidade e preço competitivo.

Por isso o setor tem buscado adotar constantes investimentos em tecnologia para aprimorar o fornecimento de alimentos ao mercado consumidor.

“A inovação busca melhorar a qualidade dos alimentos que são oferecidos ao consumidor. Quando se procura um produto, você busca nele segurança, durabilidade e outros aspectos que garantem a melhor experiência possível”, explica o coordenador do Conselho Setorial da Indústria de Alimentos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Roberto Pecoits.

De acordo com Pecoits, um dos principais desafios do setor para possibilitar essa melhor experiência ao consumidor é a logística. Estudo da Fundação Dom Cabral mostra que os custos de uma indústria com esta etapa podem chegar a 10,5% do seu faturamento. Além disso, o modal rodoviário corresponde a 56% de todo transporte de cargas no país, o que faz aumentar os custos.

“A logística no Brasil implica em vários problemas para a indústria. Ou as nossas estradas são ruins ou tem custo de pedágio elevado. Precisamos buscar soluções em outros países. Analisar como é possível não dependermos tanto do modal rodoviário e onerar menos as indústrias e, consequentemente, o consumidor”, afirma o coordenador.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade