Notícias

Notícias

Mercosul e União Europeia fecham acordo de livre comércio

Data1 julho 2019

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Em momento histórico, aguardado há 20 anos, o Mercosul e a União Europeia fecharam no dia 28 de junho, em Bruxelas, o acordo comercial entre os dois blocos. Nos últimos dois dias, os ministros intensificaram as negociações. Pelo lado brasileiro, estão a ministra da Agricultura, Tereza Cristina; o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; e o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo.

Em reunião ministerial realizada nos dias 27 e 28 de junho, em Bruxelas, foi concluída a negociação da parte comercial do Acordo de Associação entre o MERCOSUL e a União Europeia (UE).

O acordo é um marco histórico no relacionamento entre o MERCOSUL e a União Europeia, que representam, juntos, cerca de 25% do PIB mundial e um mercado de 780 milhões de pessoas. Em momento de tensões e incertezas no comércio internacional, a conclusão do acordo ressalta o compromisso dos dois blocos com a abertura econômica e o fortalecimento das condições de competitividade.

Para a Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBr), que representa a indústria de suco de laranja, a redução de tarifas aumenta a competitividade em relação a outros concorrentes, como o México.

Quem também comemorou foi o setor de frutas. A Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas (Abrafrutas) acredita em redução dos custos da atividade. A União Europeia responde por 60% da receita com os embarques da fruticultura brasileira para o exterior, que, chega a US$$ 800 milhões.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade