Notícias

Notícias

Clima deixa alimentos com o preço acima da inflação, segundo o IBGE

Data1 abril 2019

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

De acordo com os dados levantados, recentemente, no dia 26 de março, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, o mês de março registrou alta de 1,28%, em relação a fevereiro no item de alimentos e bebidas.

Um dos principais motivos que levaram esse aumento, segundo a pesquisa, foi que o clima quente e, também, chuvoso prejudicaram a produção no campo. Entre os produtos hortifrutigranjeiros, alguns que mais pesaram no bolso foram: batata-inglesa (25,59%), tomate (16,73%), frutas (2,74%).

Tendo comparação com os outros meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de fevereiro, por exemplo, foi de 0,43%, acima dos 0,32% de janeiro.

Ceagesp

Historicamente, o primeiro trimestre registra preços mais elevados em razão das condições climáticas adversas da estação. Em 2019, porém, o quadro foi agravado pelas temperaturas extremamente elevadas e chuvas excessivas e prolongadas em praticamente todas as regiões do país.

O Índice de preços da CEAGESP encerrou o mês de fevereiro, último dado, com forte elevação. Influenciado principalmente pelas altas de legumes e verduras, o indicador subiu 7,75%. No acumulado dos últimos 12 meses, a elevação é de 16,64%.

 

VEJA TAMBÉM...

Publicidade