Notícias

Notícias

Governo monitora possível paralisação de caminhoneiros

Data25 março 2019

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

O Governo Federal está acompanhando de perto o risco iminente de uma nova paralisação dos caminhoneiros. Os monitoramentos realizados pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) tem por missão se antecipar aos fatos para evitar problemas.

As investigações apontam que teve início uma articulação por meio de mensagens, através do aplicativo, WhatsApp, que já começam a falar em paralisações para o dia 30 de março.

A greve dos caminhoneiros, no ano passado, que começou no dia 21 de maio de 2018, durou no total 10 dias. Durante esse período, a comercialização na Central de abastecimento de São Paulo foi completamente prejudicada, chegando até mesmo a operar com apenas 10% de seu potencial em comparação a um dia normal de atividade.

“As rodovias que ligam a Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, todos estiveram fechadas. Então, não chegavam mercadorias para cá. Ficamos sem frutas, nenhuma empresa tinha, por exemplo, mamão para comercializar. Acho que isso nunca tinha acontecido na história da Ceagesp”, é o que relembra o gerente de vendas da empresa FrutaMina, Eduardo Raymundo.

 

VEJA TAMBÉM...

Publicidade