Notícias

Notícias

Salmão é o pescado mais vendido na Ceasa de São Paulo

Data22 outubro 2018

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

O salmão comercializado no Entreposto paulista é proveniente do Chile. Sendo que o país é o segundo maior produtor mundial, ficando atrás apenas da Noruega.

De acordo com os dados levantados pelo ProChile, somente no ano passado, o país chileno chegou a exportar mais de US$ 580 milhões de salmão, um aumento de 11% em comparação ao ano anterior.

“Mas claro, este crescimento não foi gratuito. Para ganharmos a confiança do consumidor brasileiro houve uma união de esforços entre as empresas exportadoras de salmão e o setor público, que foi materializado através de nossa marca Setorial “Salmón de Chile. Se compararmos os últimos cinco anos, a exportação de salmão chileno para o Brasil, cresceu quase 20%.”, é o que ressalta María Riquelme, diretora comercial do ProChile.

Em 2017, por exemplo, o salmão chileno chegou a render à Ceasa de São Paulo uma movimentação financeira de aproximadamente R$ 56 milhões. Isso o coloca com uma participação do setor de 18%. Neste mesmo período, este pescado teve uma redução do preço em quase 23%, no Entreposto paulistano.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade