Notícias

Notícias

A importância da Ceagesp para o abastecimento

Data23 julho 2018

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Mais de mil carretas repletas de frutas, verduras, legumes, peixes e flores chegam todos os dias. Numa rotina intensa, são rapidamente descarregadas, separadas e seus itens negociados ali mesmo.

Fracionados, lotam outras oito mil carretas que passam a transportar produtos variados, dinâmica que abastece os mercados e supermercados de diferentes destinos na grande São Paulo e em cidades próximas.

Essa é a rotina da Ceasa de São Paulo, a Ceagesp, maior entreposto de hortifrútis do país, que possui mais de 700 mil metros quadrados de área construída e por onde circulam diariamente toneladas de alimentos e milhares de pessoas.

Recentemente, estive lá e me surpreendi. Foi minha primeira visita à Ceagesp e, por mais que tivessem me contado, viver essa experiência foi um aprendizado. No início do dia, parecia o caos. Era impossível imaginar que em poucas horas estaria tudo organizado; mas estava.

É impressionante pensar a respeito da logística que é fazer aquilo tudo funcionar. A quantidade de produtos que se negocia ali é absurdamente grande e difícil imaginar a complexidade logística que envolve este processo, mas tudo acontece com rapidez e objetividade.

Eles criaram ali um mundo à parte – ágil, controlado, que gera reflexos e é exemplo para as outras Ceasas espalhadas por todo o Brasil.

Caminhando pelos corredores da Ceagesp, percebi as soluções DaColheita conquistando cada vez mais espaço entre as cargas de uva, mamão, manga, romã, carambola, goiaba, etc.

Conversei com alguns profissionais e recebi bons feedbacks daqueles que experimentaram os diferenciais do transporte e da conservação dos produtos em nossas embalagens de EPS (isopor®).

Eles compartilharam conosco o diferencial que é ter uma fruta vistosa por mais tempo, o que agrega valor, e até sugestões para melhorar nosso produto. Além disso, a satisfação de saber que é um produto 100% reciclável e a Termotécnica realiza a logística reversa.

A Termotécnica quer crescer e evoluir no segmento do agronegócio, levar ainda mais conservadoras em EPS para a Ceagesp e para as Ceasas de todo o país.

Queremos conquistar novos clientes, baseados também na proposta do Save Food, entidade ligada à ONU, Organização das Nações Unidas, que somos signatários na luta em todo o mundo contra o desperdício de alimentos.

Visitar espaços como este, conhecer e compartilhar experiências, nos torna cada vez mais aptos a desenvolver soluções em EPS, eficientes para o agronegócio.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade