Notícias

Notícias

Clima eleva preço da cenoura

Data16 janeiro 2018

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Por ano, são produzidas mais de 25 mil toneladas de cenouras, no País. Tendo como os principais produtores os estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Bahia. De acordo com a Embrapa, a temperatura é o fator climático mais importante para a produção de raízes.

Algo em torno de 10 a 15 ºC, já favorecem o alongamento e o desenvolvimento de coloração característica, enquanto temperaturas superiores a 21ºC estimulam a formação de raízes curtas e de coloração deficiente.

Por causa de fortes chuvas, nos meses de novembro e dezembro do ano passado, a produção de cenoura ficou prejudicada. Com a intensidade pluviométrica acima do normal para o período, as fazendas, por exemplo, em Minas Gerais, tiveram deformidades nas raízes.

Segundo produtores da região, elas apresentaram mela, nematoides e bifurcações, o que diminuiu o rendimento nas lavouras mineiras.

De acordo com os colaboradores do Hortifruti/Cepea, os preços tiveram média de R$ 25,00 a caixa, sendo 30% acima da cotação semanal, quando os produtores ainda colhiam da safra de inverno.

Já na CEAGESP, segundo o levantamento realizado pela SEDES – Seção de Economia e Desenvolvimento, o preço médio, no mês de dezembro ficou por volta de 1,66 reais o kg. Entretanto, através do Índice, divulgado, recentemente, em janeiro, a cenoura teve a alta dos preços, em 2017, de 26,5%.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade