- Jornal EntrePosto - https://www.jornalentreposto.com.br -

Consumo de alho reduz risco de câncer de cólon

O alho é um dos ingredientes imprescindíveis na culinária brasileira. Sendo que é uma das espécies cultivadas há mais de 5.000 anos pelos hindus, árabes e egípcios. Originário da Ásia Central, a sua introdução no Ocidente se deu a partir de plantios na costa do Mar Mediterrâneo.

Em relação à saúde, o alimento é rico em amido e substâncias aromáticas de alto valor condimentar e possui ação fitoterápica com diversas propriedades farmacológicas.

A OMS – Organização Mundial de Saúde recomenda a adição de um dente de alho por dia no cardápio. A mudança é simples, mas é suficiente para reduzir, por exemplo, o risco de câncer de cólon, estômago e mama.

Já no cultivo, segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina, Goiás e Bahia respondem por, aproximadamente, 90% da produção brasileira.

Na CEAGESP, o alho é um dos produtos mais comercializados no setor, classificado como diversos. O que inclui a batata, a cebola, o coco. De acordo com o balanço da Companhia, em 2018, foram movimentadas mais de 14 mil toneladas. O que representou um faturamento de mais de R$ 123 milhões do produto.

Segundo a tabela de sazonalidade, entre os meses de julho até outubro, a produção fica forte, o que significa que o preço acaba ficando mais em conta para o comprador que vem ao Entreposto paulista.