Notícias

Notícias

Outubro é a vez do tomate Carmem

Data29 setembro 2017

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

No País são produzidos alguns tipos de tomates como, por exemplo, Tomate Carmem. Também é conhecido como tomate ‘Longa vida’, porque dura bastante. Além do holandês, Débora, Italiano, Cereja, Sweet Grapes, entre outras variedades.

Na CEAGESP, segundo a tabela de sazonalidade, o tomate começa a ter uma produção forte a partir do mês de outubro e permanece assim até dezembro. Janeiro já começa a ter uma oferta moderada. O produto é vendido, no Entreposto paulista, em caixas que variam de 18 até 20 quilos.

O item é o principal produto comercializado na Central de Abastecimento de São Paulo. Ele ocupa a primeira colocação do Ranking de Produtos pelo Volume em Toneladas do Setor de Legumes e o segundo no geral, ficando atrás apenas da laranja.

Sendo que, em 2016, foram mais de 280 mil t vendidas.  Já no primeiro trimestre de 2017, o fruto ainda se mantém na liderança com aproximadamente 72 mil t.

Para o consumidor, a maneira mais adequada para guardá-lo é através de uma temperatura ambiente, por volta dos 13ºC. Não é recomendável colocar na geladeira, já que podem perder seu sabor e sua textura.

O fruto é muito utilizado nos pratos dos brasileiros em forma de salada, acompanhada com alface, ou ela somente. Também, muito utilizada como molho industrial. O tomate é rico em licopeno, um agente antioxidante e anticancerígeno que intervém nas reações em cadeia das moléculas de radicais livres.

VEJA TAMBÉM...

Publicidade