Notícias

Notícias

Conheça os benefícios do consumo da Sardinha

Data12 setembro 2017

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

A sardinha é o peixe marinho mais consumido no Brasil e representa um quinto do que é pescado em todo o território nacional, segundo Paulo Ricardo Schwingel, doutor em Ciências Naturais e professor dos cursos de Oceanografia e Engenharia Ambiental da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

O estado de Santa Catarina é o principal produtor e representa 90% da produção do País. Aqui, na CEAGESP, ela é a primeira colocada dos produtos mais vendidos, no setor de Pescado. Segundo a Companhia, em 2016, foram mais de 9 mil toneladas.

Porém, quando envolve, o balanço financeiro, a sardinha fica apenas na quarta posição, atrás do salmão, da pescada e do camarão, respectivamente. Sendo que no quadro geral, onde envolve todos os alimentos encontrados no Entreposto paulista, a sardinha ocupou, no ano passado, a 49ª posição. 

De acordo com a tabela de sazonalidade, o mês de agosto até outubro, é o melhor período para a compra. Onde o peixe se encontra com o preço mais em conta. Depois, somente nos meses de março e abril que o produto volta a ter um valor mais baixo.

A sardinha faz muito bem à saúde. Ela é rica em proteínas, em vitamina D, cálcio, ômega 3 entre outros diversos nutrientes. “Ela é classificada como um peixe gordo, só que apresenta gordura de boa qualidade, com uma fração considerável de ômega-3”, diz Marília Oetterer, cientista de alimentos e professora da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo, em Piracicaba (SP).

 

VEJA TAMBÉM...

Publicidade