Notícias

Notícias

São Paulo, terra da garoa

Data21 agosto 2017

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Na segunda metade do mês de agosto, o frio relembrou aos paulistanos que estamos de fato, no inverno. Sendo que em julho, as temperaturas altas descaracterizaram o período. Apesar de que, aqui no Brasil, não temos todas as estações definidas. Mas imaginamos algo próximo daquilo que cada uma traz em especial.

A cidade de São Paulo, por exemplo, registrou, no dia 9 de agosto, o dia mais quente deste inverno, este qual que vai até o dia 21 de setembro, depois cede a vez para as belezas das flores da primavera.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima chegou a 29,2°C, a mais elevada desta estação, ultrapassando os 27,7°C registrados no dia anterior. Só para se ter uma ideia, foi também o dia mais quente desde 11 de abril, quando foi registrada uma máxima de 29,6°C.

E não é algo exclusivo do mês anterior. O ano passado também foi bem parecido: inverno com cara de verão!

Em 2016, na primeira quinzena do mês de agosto, o estado de São Paulo teve temperaturas altas, chegando a ter uma média acima do esperado para o período. Foram quebras de recorde de calor em seguidas, primeiramente, foi no dia 17, quando os termômetros marcaram 35,2°C. Logo dois dias depois, a temperatura máxima chegou aos 35,9ºC.

A mudança de clima deixou o mês, em 2016, com chuvas volumosas, em São Paulo. E isso já fez outra quebra de recorde, agosto já era o mais chuvoso na capital paulista, desde 2009. O Inmet registrou 63,2 milímetros de pluviometria, superando o acumulado de chuva no mês dos últimos seis anos. Essas características são clássicas que fazem as pessoas associaram a capital paulista como a Terra da Garoa.

Na horta da Nossa Turma, entidade social, localizada na CEAGESP, O frio e a garoa fina deixaram em destaque a beleza das hortaliças. A couve manteiga, apesar de ser sensível a temperaturas baixas, ela cultivada sem a utilização de nenhum tipo de defensivos agrícolas, não somente ela, mas todos os produtos plantados no local.  

VEJA TAMBÉM...

Publicidade