Notícias

Notícias

Nova etapa do censo de armazéns será concluída em dezembro

Data28 novembro 2016

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Cinco estados brasileiros passarão pelo censo de armazenagem da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab): Bahia, Goiás, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Ao todo, serão visitadas 2.527 unidades privadas em 288 municípios. A ação envolve 39 técnicos da Companhia e recursos previstos de aproximadamente R$ 300 mil.

Os trabalhos, iniciados no final de outubro, devem ser concluídos em dezembro. Entre os itens checados nas operações estão a estrutura do imóvel, os equipamentos e a capacidade estática, além das condições técnicas de operação, item fundamental para assegurar o cadastro. São atualizadas também informações sobre mudança de proprietário e excluídas unidades que deixaram de ser utilizadas como armazém.

As informações do censo são utilizadas para alimentar o Sistema de Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras (Sicarm) e são essenciais para garantir o registro que possibilita aos armazenadores a estocagem de produtos do governo federal. O Sicarm auxilia os agricultores na tomada de decisões logísticas e ainda é utilizado pelo Governo como base para traçar políticas públicas de apoio ao setor, além de servir como fonte para pesquisas no Brasil e no exterior.

O estado da Bahia terá censo em 100% de seus armazéns. Em Goiás também será feito o censo completo nas unidades cadastradas, além de inclusão novos armazéns que já solicitaram o cadastramento. No caso do Rio Grande do Sul, deverá ter novas etapas no ano que vem, para contemplar todas as unidades do estado.

Ao longo de 2016, a Conab aproveitou as visitas de fiscais, que foram a campo para checar produtos do governo estocados em unidades de terceiros, para cadastrar armazéns novos próximos aos roteiros de fiscalização.

Mais informações para a imprensa:

Gerência de Imprensa

(61) 3312-6338/ 6344/ 6393/ 2256

[email protected]

VEJA TAMBÉM...

Publicidade