Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Ceagesp disponibiliza informações sobre segurança alimentar

Ceagesp disponibiliza informações sobre segurança alimentar

Notícias
Tipografia

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a cidade de São Paulo teve a pior chuva em quase 40 anos. Desde 1983 não chovia tanto em um só dia. A estação meteorológica de Santana registrou 114 milímetros de chuva entre as 9 horas do dia 09 e as 9 horas do dia 10 de fevereiro de 2020.

Isto significa 114 litros de água por cada metro quadrado de área urbana. Por mais que a cidade disponha e tenha evoluído na rede coleta de águas pluviais, a quantidade de água é imensa e houve o transbordamento dos rios Tietê e Pinheiros, que normalmente é para onde acaba escoando toda à água que cai sobre a cidade.

O Entreposto Terminal de São Paulo (ETSP) da CEAGESP está localizado em área baixa muito próxima aos rios Pinheiros e Tietê, e acabou sofrendo as consequências e boa parte das suas instalações sofrem inundação histórica.

Com os dois rios e seus inúmeros afluentes, as galerias de águas de chuva estão em área densamente urbanizada e é muito grande a contaminação pelos esgotos doméstico e industrial e pela urina de roedores, principalmente as ratazanas, que normalmente habitam estas galerias.

Esgoto doméstico é fonte de inúmeros micróbios, bactérias, vírus e vermes causadores de diversas doenças. O esgoto industrial possui contaminantes como metais pesados e moléculas tóxicas. E na urina das ratazanas há as perigosíssimas bactérias do gênero Leptospira que causam a leptospirose, doença com alta taxa de mortalidade entre seres humanos.

Apesar da inundação ter começado já de madrugada, horário que boa parte das mercadorias ainda estavam nas carrocerias dos caminhões e água não ter atingido boa parte dos boxes e que os atacadistas das módulos (pedras) também possuem locais altos onde puderam salvar boa parte dos alimentos, houve sim contato da água contaminada da enchente com alguns alimentos e algumas providências devem ser tomadas para garantir a saúde da população.

Todo produto que teve contato com a água contaminada deve ser sumariamente descartado nas caçambas do entreposto.

CUIDADO: Evitar o contato com a água ou lama da enchente, porém se for inevitável, utilizar proteção como botas ou luvas para evitar o contato da pele com a água contaminada.

Existe perigo em consumir os alimentos que tiveram contato com a água ou lama da enchente?

As frutas e hortaliças que tiveram contato com a água ou lama da enchente DEVEM SEM EXCEÇAO SER DESCARTADAS, pois não são seguras para consumo.

As frutas e hortaliças que não tiveram contato com a água ou lama da enchente podem ser consumidos?

SIM. Os vegetais que NÃO TIVERAM CONTATO devem ser selecionados (retirando partes, folhas e unidades deterioradas). Para o consumo, devem ser lavados em água corrente e potável e higienizados com hipoclorito de sódio ou ozônio obedecendo as recomendações do fabricante.

As embalagens das frutas e hortaliças que tiveram contato com a água ou lama da enchente podem ser utilizadas?

SIM, PORÉM ANTES de armazenar novos lotes de produtos, TODAS AS EMBALAGENS QUE TIVERAM CONTATO com a água ou lama de enchente devem ser lavadas (com água potável e sabão neutro) e higienizadas com hipoclorito de sódio ou ozônio, obedecendo sempre as recomendações do fabricante.

Os produtos enlatados podem ser consumidos?

Os alimentos industrializados enlatados, após contato com água ou lama de enchente, podem ser consumidos, DESDE QUE a embalagem seja lavada e higienizada (lavar com água e sabão neutro e após isto higienizar com hipoclorito de sódio ou ozônio, obedecendo as recomendações do fabricante).

A embalagem também NÃO DEVE APRESENTAR sinais de alteração como: estufamento, esmagamento, vazamentos, ferrugens, etc). Caso apresente, DEVE SER DESCARTADA.

Os rótulos das embalagens podem ser reutilizados?

Os rótulos das embalagens que tiveram contato com água ou lama da enchente podem estar contaminados com bactérias e sujidades, por isto, DEVEM SER REMOVIDOS, sendo necessário a confecção de outro rótulo para identificar cada produto e lote.

Como deve ser feita a limpeza dos ambiente (boxes, plataformas, etc)?

As áreas que entraram em contato com a água ou lama de enchente devem ser limpas e higienizadas. Piso, paredes, portas, bancadas devem ser LAVADOS com água e sabão e após isto HIGIENIZADOS com hipoclorito de sódio, obedecendo as recomendações do fabricante quanto a concentração e tempo de ação.

ATENÇÃO!

Caso apresente algum dos seguintes sintomas, PROCURE um serviço de saúde:

  • Diarreia, náuseas ou vômitos;
  • Febre, calafrios;
  • Ferimentos;
  • Cansaço, fraqueza, falta de apetite;
  • Sangramentos

Autor

Por Gabriel Vicente Bitencourt de Almeida, engenheiro agrônomo, chefe da Seção de Controle de Qualidade Hortigranjeira da CEAGESP

 

 

Navegue pelo Anuário Entreposto

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.